segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Parabrisas: Colocar ou Não?

Muitas considerações são atribuídas ao uso de pára-brisa em motos. A principal, e mais usual, é de que proporciona ao piloto, muito conforto, pois permite desenvolver altas velocidades sem ter de se “agarrar” às manoplas. Mas as considerações não param ai. Há outros benefícios, como evitar colisão direta de objetos ou insetos no corpo do piloto, diminuir o arrasto da moto, tornando-a mais aerodinâmica, promovendo um fluxo de ar com menor resistência. Existem porém, pontos negativos, que analisaremos a seguir.
Sem o uso de pára-brisa, o vento encontra no corpo do piloto, um paredão (no caso das custom), praticamente vertical, gerando alta resistência, empurrando o piloto fortemente para trás. Isto faz com que o piloto tenha de fazer força para se manter em posição de pilotagem.


Neste caso, as forças mencionadas, encontram-se perto do ponto de Centro de Gravidade (CG), da maioria das motos, e um pouco posterior à mesma.
Quando se utiliza o pára-brisa, devido à sua inclinação, a força de resistência resultante é menor do que encontramos em relação ao corpo do motociclista, fazendo pressão para baixo.





Diminuindo-se portanto a resistência aerodinâmica em relação ao piloto, remove-se a inconveniência da pressão sobre o corpo do mesmo, tornando a pilotagem mais agradável, sobretudo em longas distâncias.
Porém, estas forças resultantes pelo uso do pára-brisa, acontecem muito a frente do centro de gravidade da moto, tornando a moto mais instável, e sensível a rajadas de vento, turbulência de outros automóveis, etc... Mas, esta instabilidade é pequena, e facilmente assimilada pelo piloto, não se tornando uma desvantagem considerável, frente ao conforto de uma viagem sem esforço. Um outro inconveniente é o barulho no capacete, gerado pela turbulência do ar, quando da passagem pelo pára-brisa.

4 comentários:

Filipe disse...

Olá Manuka, voê está de parabéns por compartilhar essas experiências.

Estou comprando minha kansas agora, primeira moto. Queria uma preta mas só vão ter disponível daqui a 60 dias, então estou no dilema Prata ou Laranja?

Vou ter muito a aprender com você.

Vou estar pelo blog sempre que poder!

Filipe Valentim
Recife - PE

fillymar@yahoo.com.br

klaudioca disse...

Excelente tópico, não tenho moto "ainda" e gostaria q as pessoas participassem mais para compartilhar as experiências!
Parabens!

Pr@f Manuka disse...

Valeu galera continuem entrando no blog, que vão ter muitas novidades

klaudioca disse...

Manuka, faz um especial "mulheres de moto" quero saber como é, já que eu não tenho a minha Kansas ainda! :) Quais os perigos q podemos enfrentar...etc
Beijos